7 de jun de 2010

Sal


Minha face é um leito a escoar o mar que não cansa de nascer nos cantos dos meus olhos.

Sabrina Davanzo

Um comentário:

Poupée Amélie™ disse...

Tão lindo, Sabrina!
Adoro seus textos.
Curtinhos, profundos, objetivos.
BjO*