21 de jun de 2010

Acorda

Abre os teus olhos,
devagar,
que é pra luz não incomodar.

Estica os braços,
com força,
que é tempo de começar.

Levanta-te,
põe-te a sorrir
que é hora de ir.

É (a)manhã de novo
tens de acordar
é hora de despertar.

Sabrina Davanzo

4 comentários:

Aline d'Able disse...

ahhh, adorei o post =]

Marcello disse...

Sabrina, seus versos me fizeram pensar em alguem sonhando com algo bom mas que tem que acordar pra realidade.
Bjs

Aline d'Able Maximo disse...

já estou seguindo, depois dá uma olhada lá no meu! ;)

Renata de Aragão Lopes disse...

Ai, ai...

Acordar no inverno
é sair do casulo! : )

Beijo,
doce de lira