23 de jul de 2010

Estimação

Ela é um bichinho solitário e arisco que amansa com algum carinho e algodão doce com balão na ponta.
E foi o que ele fez. Espertinho, foi se aproximando com uma coisa em cada mão e logo a tinha esparramada em seu colo.
Depois que conquistou sua confiança, a novidade passou e ele a deixou meio de lado, emboladinha em um canto com o balão que guardava como lembrança do dia em que ele chegou.

Sabrina Davanzo

Um comentário:

Geraldo de Barros disse...

gostei da forma tão delicada que vc usou para dizer sobre digamos saudade ou ausência de alguém ou de algo, esse sentimento por si também delicado, e ao mesmo tempo uma crítica pelo afastamento. muito bom. parabéns!

beijos
G