7 de set de 2010

Ipês



E nessa secura toda, onde os galhos imploram por água para se manterem de pé, os Ipês florescem.
É como se nada os afetassem, nem o sol castigante, nem a falta de vento, nem a chuva que deixou de cair.
Por todos os lados, em várias cores, há Ipês provando que é possível resistir às adversidades do tempo e sorrir. Seria essa a forma de Deus nos mostrar que nada é impossível?
Os Ipês alegram até a pracinha mais pobre e ainda deixam um caminho de flores pelo chão. Queria ser como os Ipês...

Sabrina Davanzo



Nenhum comentário: