13 de set de 2010

Será


Há muito tempo sente alguma coisa agitar em seu inconsciente. Ondas cerebrais que trazem uma ideia embassada do que ela deve fazer. Um futuro iminente que não chega a realizar-se agora.
E ela vira na cama, se ajeita na cadeira, coça o nariz.
Parece que está cada dia mais próxima a hora de tomar uma decisão, sabe-se lá sobre o que e para que.
Essa coisa que ressoa dentro dela está tomando forma e parece não caber em seus pensamentos pequenos.
Essa coisa meio sentimento meio instinto tem vida própria e parece ser a coragem que falta.
Daqui a pouco ela faz as malas e coloca os pés no mundo. Essa coisa é o destino chamando.
E ela vira na cama, se ajeita na cadeira, alisa o cabelo.

Sabrina Davanzo

4 comentários:

disse...

Por que tem horas que não há mais posição, só nos resta levantar... e ir.

Beijo!

Renata de Aragão Lopes disse...

Já é um começo!

Beijo!

A Escafandrista disse...

um blog de muito bom gosto, estou seguindo ;)

Franck disse...

Obg pela visita e comentário...Aqui, sigo-a, para não perder o caminho de volta!