19 de jan de 2009

Fragmentos II


E tinha lá suas vontades.

Vontade de tocar corações, consolar os que sofrem, amparar.
Queria enxugar as lágrimas do mundo.
Não podia. Era só um ser-humano.
Não era uma questão de desistência.. mas de compreensão.
Contentou-se com aqueles que cabiam em seus abraços.
E os amou.

Sabrina Davanzo

6 comentários:

Lucí disse...

Ola...

As vezes temos essa vontade de mudar o mundo, e esquecemos de tentar mudar o que está a nossa volta.

Adorei.

Tbm achei linda essas imagens que ilustram seus posts, são suas?? Lindas, lindas!..

Bjitos, boa semana!

Sabrina Davanzo disse...

Ei, Lucí! Obrigada pela visita!
É isso mesmo..mudar algo a nossa volta é simples, e uma ótima forma para se ajudar o mundo, mas nem sempre nos lembramos disto.

As imagens não são minhas.. são da Irisz Agocs (visite o blog dela pelo link na lateral do meu blog)...tb acho tão lindas :)

Bjim!

Anny disse...

Bom dia Sabrina!
Adoro seus comentários e adoro eseus textos.
Cabem bem dentro do coração.
Beijos.
Bom dia!

Anny

Sabrina Davanzo disse...

bom dia, Anny!
Que lindo seu recado! rs
Obrigada por estar sempre por aqui!

Bjim!

Leonor Cordeiro disse...

Querida Sabrina,

Delicado e profundo.
Amei as palavras finais:

"Contentou-se com aqueles que cabiam em seus abraços.
E os amou."

Mil beijinhos!!!!

Sabrina Davanzo disse...

Olá, leonor!
Obrigada pela visita.. fico feliz que tenha gostado!

Beijos e bom fim de semana!!