30 de mai de 2010

Banho


É tanta lágrima que já lavou minha alma.
Deus, já não resta mais nada. Pode me mandar um novo amor.

Sabrina Davanzo

8 comentários:

Débora Cecília disse...

sabia que sua dor era de amor...

Luana Gabriela disse...

Sabrina, PER-FEI-TO!

Poupée Amélie™ disse...

Sabrina,
Tão lindas palavras, em pequenos versos. Leve e ao mesmo tempo profundo. Pede para Deus mandar um novo amor pra mim também?!
BjO*

Maria disse...

amém.

Ilhados Aqui disse...

chame de despedida / chame de disparada / é hora da partida / é hora da alvorada / com a cabeça erguida / coloque as mãos à obra / e descarte restos e sobras do que ficou pra trás... / sempre a cabeça erguida / os olhos no horizonte / se a ponte foi partida / criaremos uma nova ponte / esqueça as promessas / que não foram cumpridas / já não nos interessa o que ficou pra trás... / e se for impossível / romper com velhos laços / se for inesquecível / a pegada de um passo / ao menos torne invisível/ a cicatriz que ele traz / porque não é combustível / o que ficou pra trás...

Niña disse...

De alma lavada então, começamos tudo novo.

Lindinho!

Bjo

Paulo disse...

Isso passa, Menina!!! Vão ser tantos amores que ainda vão passar em sua vida... Mas eu sei, dói... dói muito...
Mas Deus vai lhe mandar o grande amor que você tanto espera, pois esse post foi mais que uma simples frase, foi uma ORAÇÃO...
Maravilhoso o post!!!
Ahhh... Gostaria de ver você na minha lista de amigos (seguidores).
Beijo gostoso pra ti.

Úrsula Avner disse...

Oi Sabrina,

Seu blog é um mimo ! Muito fofo mesmo ! Fiquei feliz com sua visita e agradeço seu carinhoso e gentil comentário lá no Sempre Poesia... Que bom que apreciou meu trabalho ! Bj e até a qualquer momento.

Úrsula