23 de jun de 2009

Singelo:inocente;puro



Num dia desses, enquanto falava ao telefone, resolvendo um desses assuntos que parecem mais de morte do que de vida, eu fitava a imensa janela que tem na sala de casa e que dá para uma espécie de pátio. Absorta pela conversa, qual foi a minha surpresa quando de repente, com uma suavidade que não sou capaz de transcrever, um avião de papel corta o céu e pousa bem ali naquela imensa área do prédio. Tal foi a delicadeza do pouso que fiquei imaginando quem haveria de ser aquele piloto tão cuidadoso. E mais, quem teria enviado aquela aeronave de contornos tão perfeitos para perto mim? Emocionada com a simplicidade desta cena ante a complexidade da conversa ao telefone, comecei a sorrir e comentei com um que de anestesiada: "acabou de pousar um avião aqui.... o avião mais lindo e singelo que já vi". Sem entender nada, quem estava do outro lado da linha quis saber se eu estava bem ou se já começava a variar. Pedi desculpas e desliguei. Corri para a janela. Queria ver mais de perto o avião feito de folha de caderno. Que bobagem pareceu as tramas e os dramas em que me via envolvida. Aquele pontinho branco estacionado a alguns metros me mostrou que a vida pode ser mais leve, pode ter o peso de um avião de papel se a gente quiser.

Sabrina Davanzo


11 comentários:

Maria disse...

Elas tem o peso que damos a elas...

Lindo, lindo.

Meu beijo

Flávia Jorge disse...

nossa, que presente vc [como um avião de papel] pousada num comentário do meu blog e entro aqui pra ler tanta suavidade. Essa delicadeza dos detalhes sempre me faz refletir também, acho q o segredo da vida e até o sentido dela moram ai...

voltarei sempre, te 'linkarei' por lá...

sê bem-vinda.

Flávia Jorge disse...

as ilustrações me chamaram muito a atenção também, seguem um padrão de traço, gosto muito.

BAR DO BARDO disse...

Sabrininha, os dias ficam mais leves com os seus aviõezinhos de papel...

E como!...

Obrigado!

Vanessa disse...

se parar pra pensar, as coisas têm peso bem menor que carregamos...

beijo

.

Renata de Aragão Lopes disse...

"(...) se a gente quiser."
Se eu conseguir...

Lindo como sempre, Sabrina!

Neotenia disse...

AMEI.... Como sempre...

líria porto disse...

sabrina - que surpresa boa! primeiro por te ler, depois por saber que moramos na mesma cidade!
besos!

teoriasimpossiveis disse...

Carissima, fiquei eu aqui com um sorriso nos lábios enquanto coloria em minha mente a cena que tu me destes. Bravo, como sempre.
Abraços meus
Lunna

Laura Camarano disse...

Tudo na vida é ponto de vista.. e seus olhos iluminados sabem bem disso!!!
Saudades!
Beijos

malu disse...

Oi Sabrina! adorei o texto! =)
Mas nao entendi a autoria da ilustraçao! Devianart é um site onde as pessoas hospedam fotos, como um flickr! Entao essa imagem é de alguem, que postou no devianart, nao? pelo menos é isso o que eu sei. dê uma olhadinha!

seu post sobre as amizades me deu vontade de tomar leite condensado!

bjs!!