27 de mai de 2009

Sobre jujubas e as delícias da vida



-Fica sempre esse gosto de quero mais quando acaba? Perguntou se pendurando no balcão, tentando enxergar o velho vendedor. 
-Somente quando foi muito bom.  
-Mas então por que acaba? 
-Para que você possa experimentar outros sabores. 
- E eu posso querer sempre do mesmo?
- Se quiser, você pode. Escolha o seu sabor preferido e experimente de novo e de novo e de novo. 

Sabrina Davanzo 



9 comentários:

BAR DO BARDO disse...

Mais um 11!!!

Neotenia disse...

É ser por isso que quando como jujubas fico querendo mais e mais... Eu sei como é esse negócio de gosto de quero mais na boca.

Preciso falar: meu amor tem gosto de jujuba...rs!

Beijos!

(amei o texto)

Neotenia disse...

Quando fico triste eu escrevo... faço muito isso!

Mas quer sabe rqual idéia tive agora? Já tentou comer jujubas quando ficar triste? Como vai sentir o gosto de mais na boca, acaba desviando a atenção para algo delicioso!



p.s. sou uma viciada em jujuba...!

Neotenia disse...

Ah... me ensina a colocar o números de visitas que já recebi! Não sei onde fazer isso...rs!

Anny disse...

Sabrina e as jujubas...
2 para mim e um para você.

Beijos>
Anny.

Sueli disse...

Huuummm... Prefiro as azuis, com gostinho de aniz...rs. Beijo!

Ana Paula Sampaio disse...

Ou experimente novos e tenha vários sabores preferidos! =D Saudades do seu blog, Sabrina, que continua delicioso, sútil e delicado! =) beijos!

Juliana disse...

Que fofo!

Renata de Aragão Lopes disse...

A delícia do livre arbítrio!