21 de mai de 2009

Recordação



Numa tarde de sol, do alto dos meus três anos, eu via pela janela um senhorzinho que subia a rua puxando uma zebrinha por uma corda. Os dois subiam mansos, com aquela preguiça que um sol quente traz.
O senhorzinho, me vendo pendurada na janela, abriu um sorriso e perguntou:
- A mãe tá aí?
Não obtendo nenhuma reposta minha, tocou a campanhia, que foi atendida por minha mãe. 
Depois de alguns dedos de prosa ela me chamou: 
- Vem tirar foto! 
E foi assim que nasceu uma linda recordação de minha tenra idade. No passeio de casa, com os raios de sol iluminando minha alegria e excitação, minha mãe me sentou no lombo da zebrinha, e o senhorzinho registrou o momento em sua câmera fotográfica.
Só Muitos anos depois é que fui perceber que a zebrinha na verdade era uma mulinha com listras pintadas à mão. Achei engraçada a situação... Mas para mim, continuou sendo uma zebrinha. Dessas que vem lá da Savana Africana para tirar retrato com a gente. 

Sabrina Davanzo 



8 comentários:

Maria disse...

rs Que bonitinho, Sabrina. Antes tinham esses brinquedinhos mesmo pra gente fotografar, né? Era uma beleza ^^

Meu beijo

Carmem disse...

Coisa boa ter bons momentos para recordar!...

Muito bom o texto!

Beijinhos

Ótimo final de semana!

BAR DO BARDO disse...

A belezinha de sempre... Você é um anjo, Sabrininha.

Elaine Crespo disse...

Adorei o texto!
Muito bom mesmo!

A fantasia é que vale e é esta que fica na lembrança!:D

Amei teu BLOG! Muito gracioso!

Um belo fim de semana!

Beijos
Elaine

Gilmara disse...

Olá Sabrina!

amo teus textos...
quanta delicadeza...

tenha um lindo fds.
bjs,

Gil:)

Gabriela disse...

Me emocionei por já ter visto essa foto e por também ter achado que era uma zebra . Blog inspirador de todos os dias . Bejos tia bibi ! te amo muito, saudades!

Pedro Luso de Carvalho disse...

Sabrina,

primeiro, quero agradecer a gentileza de tua visita ao meu blog; segundo, quero dizer-te que gostei muito do teu conto 'Recordação'- é muito bom.

Parabéns.

Abraços

Sueli disse...

Que graça, Sabrina. Que pena você não ter postado a foto na zebrinha...rs. Beijo!