10 de jul de 2009

Acabou


Um dia eu experimentei felicidade. Era doce e, como tudo o que é bom, acabou rapidinho.


Sabrina Davanzo

10 comentários:

Su disse...

A felicidade nunca acaba, pq ela é apenas fragmentada!
Bjossssss

Su disse...

A felicidade nunca acaba, pq ela é apenas fragmentada!
Bjossssss

Ana Paula Sampaio disse...

Sabrina, felicidade acaba. Tristeza também. Vai uma, vem outra. A vida e seus ciclos. Beijos, querida, e que a Vida te traga ciclos novos e felizes. =)

Anny disse...

Sabrina:
Esre é um assunto que todos nós pensamos saber um puquinho.
Sabe como é que é, parece assunto pessoal. Faz parte deste "monte de considerações" que somos.
Para mim é possível consatruir uma em cada dia de nossa vida. Se quiser compartilhar esta crença, será muito bem vinda.
Beijos.
Anny.

Renata de Aragão Lopes disse...

Doce, a toda hora, enjoa!
Felicidade tem que vir
em pequenas mordidas
- cujo gosto perdure
por dias e dias...

Um beijo, Sabrina!
E trate de sorrir! : )

BAR DO BARDO disse...

mas o sabor permanece...

ou o desejo...

teoriasimpossiveis disse...

Acabou sim para que vc pudesse reconhecer seu sabor muitas outras vezes. Grande beijo e uma ótima semana...

Sueli disse...

Na verdade, acho que tudo acaba, depois nasce de novo, tudo, tudo, o doce, o salgado, e o amargo também. Beijinhos...

Lunna disse...

Deixei presentinho pra vc e para o seu blog lá no Teorias Impossíveis. Beijos

Renata de Aragão Lopes disse...

Ei, Sabrina!

Na verdade, vim apenas dizer
que reparei a melancolia
de suas mais recentes postagens
e o sumiço há exatos 10 dias.
Espero que não tenha abandonado
a arte (tão delicada),
tampouco a alegria
(pois a vida tem, de fato, altos e baixos).

Feliz dia do amigo
e reapareça!
Saudade dos seus textos!
Um beijo
doce de lira.

* fique à vontade pra deletar este comentário,
caso queira.