30 de mar de 2009

O menino com mãos de gancho



Era uma vez um menino que tinha ganchos no lugar das mãos. Prendia todo mundo que se aproximava dele.
O menino fazia isso para não se sentir tão só... para ele, a maneira mais fácil de chegar ao coração era prendendo com as mãos.
A história termina com um menino que nunca deu um abraço apertado e com todos aqueles que ele amava saindo machucados.

Sabrina Davanzo

10 comentários:

BAR DO BARDO disse...

De onde você tira histórias tão bonitinhas?

Bonitinhas e profundas, acupuntura anímica.

RivaEscrita disse...

O teu Edward Mãos de Tesoura, saiu tristinho, mas lindo. Abraços (sem machucar).

Solange Maia disse...

Suas histórias lúdicas e coloridas tocam minha alma... são paradoxalmente profundas e muito adultas.

Você é especial !!!!

Beijo carinhoso,

Solange

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

Aninha disse...

Nossa! Suas histórias são lindas... De uma ternura que emociona e aquece o coração.

Bjo carinhoso!

Aninha

Ana Paula Sampaio disse...

Sabrina, é não é que tem gente assim, com ganchos que prendem a gente? Melhor deixar voar... Tou de volta da viagem! =) beijos!

Fernanda Fernandes Fontes disse...

Que historinha linda!
Um minimalismo redondo: síntese de um todo...

Ah, esse menino se desprenderá dessa solidão e se prenderá a um aconchegante e recíproco querer...tenho certeza!

Bjs.

Monday disse...

tomara que ele descubra que nem só de proximidade se faz a presença ... aí, ele vai aprender a enganchar os outros só com o coração, sem machucar ninguém ...

marlise disse...

Realmente há muitas pessoas assim... Se sentem muito só. Lindo o texto. Abraços.

Maria disse...

Baseado em fatos reais, né? ^^

Meu beijo

Neotenia disse...

ôwn... Já conheci pessoas assim...