16 de mar de 2011

Confesso


Tive um problema sério com umas borboletas no estômago
que subiram para a cabeça
e tomaram conta da minha razão.
Encantada pelas cores que borboletavam ao seu redor,
essa que deveria cuidar de mim, não dava conta nem dela.
Tomei uma solução drástica:
Infelizmente, cacei as borboletas.
Tem horas que o crime mais grave
é permitir que a consciência tire os pés do chão.


Sabrina Davanzo

Nenhum comentário: