2 de fev de 2011

?



De repente, virei um ponto de interrogação.
Não me sei, não sei o que, nem onde, nem como.
A interrogação é um tipo de desespero,
quisera eu ser reticências...
três pontos de leveza, paz e coisas não ditas, confidências.
Também poderia ser exclamação!
Felicidade grafada com empolgação e de ponta cabeça.
Por hora, sou um não saber se há o que temer.
O que vem depois do ponto de interrogação?
Espero uma reposta.


Sabrina Davanzo



4 comentários:

Nati disse...

Me dê a mão rsrs.
Quem descobrir avisa.

XANDY disse...

...eu tenho a resposta...suas experiências, sua evolução, sua vida...agradeça por ter esse privilégio do milagre da vida...BEIJOSSSS

Poupée Amélie™ disse...

Melhor ser interrogação do que ponto final!
BeijO*

Anônimo disse...

lindo *-*