23 de fev de 2011

Sobre abrir mão



Para ser leve, tive que desfazer do que havia de mais pesado em mim:
minhas vontades.
Só quando deixei de me agarrar desesperadamente às coisas que queria ter sem poder é que conseguir voar.


Sabrina Davanzo


2 comentários:

XANDY (VARGINHA) disse...

...SABIAS PALAVRAS!!! talvez as mais inteligentes e lucidas que você já postou aqui até agora...isso prova seu amadurecimento...um dos segredos da vida está numa palavra chamada "ADAPTAÇÃO" a capacidade de se moldar as mais diversas situações...

...veja como são as coisas, a alguns anos atrás conheci uma menina que tinha uma boa excência mas que era exatamente assim, colocava seus interesses acima de tudo e de todos, isso não é uma crítica, apenas uma forma de falar que as coisas mudam o tempo todo e que perder seu tempo vivendo a vida dos outros ao invés de olharmos para dentro de nós mesmos e nos tornarmos pessoas melhores a cada dia é perca de tempo, pois cada um de nós tem seu tempo uns vão amadurecer mais rápido, outros mais tarde e outros nem o vão, mas isso se chama "VIVER"...

Priscila Rôde disse...

Cada escolha, uma renúncia.

Adorei o blog e vou comprar o livro! :)

Beijos!