31 de jan de 2011

Sobre problemas e soluções


Quando acabarem todas as tuas opções, você pode tirar os olhos do problema e deixar que ele se resolva por si só, porque nada
nesta vida fica sem solução.
Simplesmente tire os olhos, distraia sua atenção, flutue sobre todo o pessimismo.
Mais cedo ou mais tarde, uma luz aparece, entra pela fresta que você esqueceu de vigiar e clareia tudo.
Às vezes, respirar ajuda. Vá tomar um ar fora do quarto escuro. A chave está em suas mãos, destranque a porta e saia com suas próprias pernas, com sua própria força.
Quando voltar, uma nova energia terá tomado conta do lugar, tudo parecerá diferente e menos complicado do que anteriormente.
Não permaneças focado no impasse, procure pela resolução nos lugares mais improváveis, fique atento aos conselhos de amigos, às atitudes de estranhos diante de seus próprios dilemas. É aí que o auxílio mora.
Não se feche, não se considere uma causa perdida.
Tudo tem um propósito e você só conseguirá identificá-lo se mantiver seu pensamento livre de culpas e autopiedade.

Sabrina Davanzo

4 comentários:

Sabrina Davanzo disse...

Há momentos em que realmente não há o que se fazer, a não ser esperar (confiante).

Franck disse...

Comprei seu livro...muito bom! Gostei tbém muito do design, do papel... Estou em fase de lançar tbém um livro com os textos do blog, etá na diagramação!
Abçs*

XANDY disse...

...isso tudo que disse poder ser resumido em simples palavras...ESTÁ AMADURECENDO!!!
PARABÉNS PELA LUCIDEZ!!!

Karla Pereira disse...

Olá..
nossa, obrigada pelas palavras....
obrigada, porque se tem uma pessoa neste planeta hoje que precisava ouvir isso, esse alguém sou eu...
me ajudou muito viu...

deppois passa lá no meu..bjim..
www.enfimfizeraaspazescomavida.blogspot.com