18 de dez de 2009

Destino: Polo Norte



Querido Papai Noel,

Hoje estou escrevendo para dizer que não ficaremos tristes se, neste ano, o senhor não quiser aparecer. Eu sinto muito pela sua casa... Nós realmente não fomos bonzinhos nestes últimos tempos e o resultado é que acabamos fazendo mal até para o senhor. Eu já pedi para minha mãe guardar todo o gelo do congelador da geladeira aqui de casa para lhe enviar de presente. Não é porque o senhor é o Papai Noel que deve ganhar presentes, não é verdade? Falei com a mamãe que gostaria muito de ajudar aqueles ursinhos brancos que vivem aí com o senhor também, talvez trazer alguns para morar aqui em casa... mas acho que não teríamos espaço e gelo suficientes para eles. Vou ver com o Seu Angelo, o dono da vendinha aqui da minha rua. Ele tem um freezer bem grande, talvez possa ajudar.
Agora vou me despedir, Papai Noel. Nem vou pedir nada esse ano não, mas se ainda assim o senhor achar que merecemos alguma coisa, traga um pouco de consciência para todos nós, por favor.

Um beijo, Papai Noel. Até no ano que vem.

Sabrina Davanzo


Um comentário:

Andrea Guim disse...

Oi, Sabrina!

Vim desejar a você e sua família um Feliz Natal repleto de alegrias, amor e harmonia!!!

Beijins!