7 de abr de 2011

Quando


Só quando ela não esperar mais nada

quando estiver livre de qualquer interesse
quando tiver certeza de que estará salva
quando sentir que acabou
terá coragem de se aproximar
Vez em quando ela queria estar pronta
(seria essa vontade uma prova de que não se recuperou?)
Para em seguida não querer estar
(só para não ter que encarar?)
Existem duas possibilidades:
Descobrir que passou
Perceber que não terminou
Ela gosta de nunca mais
Mas também acha bonito o quem sabe um dia

Sabrina Davanzo


4 comentários:

manu gomes disse...

quem sabe um dia =(

Renata de Aragão Lopes disse...

Melhor "o quem sabe um dia"...

Beijo,
Doce de Lira

Guilherme disse...

Quando ela calar o coração e todas as suas perguntas, a resposta será o silêncio a lhe preencher a Alma. Sem mais buscas, descobrirá o "quem sabe um dia" é o agora abençoado. Respostas serão deixadas de lado.

E que assim seja. :)

Eulalia disse...

Incrível como você brinca com as palavras!
Adorei!