29 de abr de 2011

Cárcere


Gaiolas,
por mais bonitas, espaçosas,
coloridas e confortáveis que sejam,
são sempre prisões.

A gente deveria parar de acumulá-las nas paredes da alma,
encarcerando sentimentos e pessoas.

Vive mais feliz o coração que pode,
a qualquer momento,
alçar voos e pousar onde quiser.
É sempre mais doce e sereno
o que cresce sem limitações.

Deixa vir..
Deixa partir quando chegar a hora...


Sabrina Davanzo

2 comentários:

Guilherme disse...

Ás vezes criamos prisões, enfeitamos e decoramos com as mais bonitas distrações, e por nos distraírmos, esquecemos que nós é quem carregamos a chave delas...

Iza disse...

Amei! Deixa vir e deixa partir quando chegar a hora...