15 de dez de 2010

Sobre o que importa



O que realmente importa eu não quero mais saber.

Um viva à banalidade, à previsão do tempo,
à chegada do verão, ao índice monetário no Japão.

Aos assuntos que não ferem, que não ardem,
uma grande ovação!

Aos temas mais imbecis, nesse momento,
volto todo o meu interesse
como se deles dependesse a minha felicidade.

O que realmente importa eu quero guardar esquecido e abandonado
no lugar das coisas que não têm mais razão de se dizer.



Sabrina Davanzo

Um comentário:

LiLi disse...

Sabrininha,

é sempre tããão especial ler o que você escreve!!! Não saibamos. Vivamos! Vivamos pois o tempo passa rápido.

Um bju grande!!