15 de dez de 2010

Agora



Vez em quando o agora é tarde.
O agora é nunca
e nunca mais torna a acontecer.
Vez em quando o agora é nada
e nada muda isso agora.

Sabrina Davanzo

Um comentário:

Eliete disse...

Sabrina, é muito triste quando o agora é nada,e nada podemos fazer para mudar. Como é difícil entender as impossibilidades e as perdas. Mas é isso aí! beijinhos