2 de mai de 2014

Das coisas que a gente aprende...




A gente só descobre o quanto pode suportar, suportando. 
A gente só descobre o quanto acredita, acreditando. 
A gente só descobre até onde dá para insistir, insistindo. 
A gente só descobre até onde é capaz de ir, indo.
A gente só descobre como esperar, esperando. 
A gente só descobre como aceitar, aceitando.  
A gente só descobre o que é viver, vivendo. 
Não existe o caminho da experimentação. 
Nem rascunho, nem reedição. 
A gente só descobre o que é ser o que a gente é, sendo. 

Sabrina Davanzo 



2 comentários:

Diego disse...

Porque não há graça em viver sem descobrir seus reais limites ;)

Diego disse...

Porque não há graça em viver sem descobrir seus reais limites ;)