12 de nov de 2012

Pronta




Então aceitou a felicidade como ela é: imperfeita. 
Passou a aproveitar o que a vida lhe oferecia de bom
sem esperar que fosse para sempre. 
Certa de que algumas vezes as coisas se atrapalham
e as pessoas decepcionam, 
aprendeu a ter fé e paciência para esperar passar.  
Demorou algum tempo para crescer por dentro,
mas agora que aconteceu é um alívio. 
É uma trégua nessa guerra que no final é uma busca pela paz. 
Se isto é envelhecer, ela já está pronta. 
A menina, finalmente, tornou-se mulher. 

Sabrina Davanzo



3 comentários:

Rui Pascoal disse...

E há mulheres de idade, cheias de rugas, tão bonitas...

Silvana Haddad disse...

Olá Sabrina:
Seus posts são de uma qualidade tremenda.
A cada visita ao seu blog, uma nova emoção. PARABÉNS!!!!!
Bjs.:
Sil

XANDY disse...

QUE BOM!!! PARABÉNS!!! FICO FELIZ!!!