22 de abr de 2010

Convivência



E se hoje o dia está azul, agradeça a mim por fazer de tudo para conviver em harmonia e paz com esta que habita o meu corpo e insiste em dizer que sou eu. Não me reconheço, mas pratico a política da boa vizinhança e me ofereço pudins, bolos e tortas. Isso acalma minha imaturidade, me faz abrir um sorriso de criança em meio a essa vida adulta. Acabo por sentir um suspiro do meu verdadeiro existir, me agarro a ele e ouço-o sussurrar: "eu ainda adormeço dentro de ti..."

Sabrina Davanzo


3 comentários:

Renata de Aragão Lopes disse...

Também me presenteio! : )

Beijo,
doce de lira

Mario Gioto disse...

que gostoso que eh passar por aqui!
voltarei sempre para sentir isto ^^

beijos e abraco apertado!

Maria disse...

Também me ofereço pequenas delicadezas. =D

Um beijo